Manipulação de alimentos: Guia definitivo

Manual de boas práticas na manipulação de alimentos

Colaboradores que lidam com comida devem saber de cor o que são e para que servem as boas práticas de manipulação de alimentos. Essas técnicas evitam a contaminação e afastam os riscos de doenças.

Afora isso, o manuseio correto garante uma preservação melhor dos nutrientes e ajuda a cumprir a legislação, evitando multas e interdições. Quer saber mais? Então veja neste post dicas de como conquistar uma higienização impecável no trato com a comida. Confira!

Preste atenção na qualidade da água

Não adianta exigir que os funcionários lavem os itens da cozinha constantemente se a qualidade da água estiver ruim. Para evitar que isso aconteça, observe se existe coloração estranha, odor ou mesmo gosto esquisito.

Preserve a caixa d’água limpa

Uma caixa d’água suja pode prejudicar a qualidade da água em uso. Afinal, ao longo do tempo, podem cair em seu interior poeira, fezes de ratos, de aves, mosquitos, baratas etc. Por essa razão, é importante limpar esse reservatório a cada seis meses. Veja algumas dicas rápidas:

  • não se esqueça de fechar o registro;
  • guarde parte da água da caixa para utilizar enquanto o registro estiver fechado;
  • deixe um palmo de água no interior do reservatório;
  • remova a sujeira com pá de plástico e use uma escova de cerdas macias para esfregar as paredes;
  • se a caixa d’água tiver mil litros, coloque um litro de água sanitária. Para um reservatório de 500 litros, utilize meio litro de água sanitária e assim por diante;
  • espere essa mistura agir por duas horas e abra o registro para que ela escoe pela tubulação. Assim, o encanamento e os pontos de consumo também serão higienizados.

Faça o controle de pragas

Na manipulação de alimentos, todo cuidado com o perigo de infecção ou transmissão de doenças é pouco. Assim, as empresas, restaurantes, lanchonetes e similares, nos quais a comida é manuseada, precisam providenciar um controle para conter diversos tipos de pragas como ratos, aves, cupins, pulgas, insetos e afins.

Além dessas providências, é necessário cuidado com as áreas externas como redes de água, tubulação de esgoto, calhas e telhados, onde esses agentes de risco costumam procurar abrigo.

Mais um lembrete: mantenha o lixo longe do local no qual os alimentos são preparados. Veja o que diz a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) sobre o assunto na Resolução 216de 2004:

“Os resíduos devem ser frequentemente coletados e estocados em local fechado e isolado da área de preparação e armazenamento dos alimentos, de forma a evitar focos de contaminação e atração de vetores e pragas”.

Tenha cuidado com a higienização de utensílios

Os produtos de limpeza usados na higienização de utensílios devem ser escolhidos com critérios. Opte por marcas de confiança. Lembre-se de que a lavagem automática, muito usada em comércios e indústrias, requer produtos especiais.

Existem mercadorias apropriadas com efeito desengordurante potente e outras próprias para o acabamento, que proporcionam uma secagem mais veloz. Acompanhe algumas orientações:

  • remova o excesso de resíduos;
  • lave com detergentes de qualidade;
  • enxague;
  • desinfete com soluções cloradas;
  • verifique se os acessórios estão completamente secos;
  • confira se o lugar de armazenamento também está limpo.

Capriche na limpeza de equipamentos

Equipamentos como batedeiras, liquidificadores, cortadores e moedores podem contaminar a comida se estiverem sujos. É perigoso fazer a limpeza desses aparelhos. Por isso, a primeira providência é retirá-los da tomada e desmontá-los.

O procedimento é bem parecido com o da higienização dos utensílios: lave com detergente, passe uma solução clorada e espere o aparelho secar bem.

Conserve as mãos impecáveis

Quando o assunto é a manipulação de alimentos, não há como se descuidar da higiene das mãos. Na prática, porém, alguns erros são recorrentes.

Se você abrir uma porta, atender ao telefone ou usar o celular, por exemplo, tem que lavar as mão de novo. Outro equívoco: enxugar as mãos no avental ou no uniforme. A seguir, observe alguns conselhos:

  • molhe as mãos com água corrente;
  • limpe a palma, o dorso, os vãos entre um dedo e outro e as unhas;
  • remova todo o sabonete;
  • seque preferencialmente com papel toalha descartável.

Como você já deve ter percebido, a manipulação de alimentos é um assunto cheio de detalhes e uma questão muito séria. Afinal, ela envolve o sucesso do negócio e a saúde dos clientes.

Por isso, garanta que os funcionários sigam as regras de boas práticas. Com o manuseio da comida bem-feito, seus superiores ficarão impressionados com seu empenho.

Quem sabe até não surja aquela tão sonhada promoção com um salário melhor, não é mesmo? E aí? Gostou desta matéria? Deixe seu comentário!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.