Limpeza da cozinha industrial

Limpeza da Cozinha Industrial: 5 Dicas Para Mante-la

Qualquer lugar onde haja a manipulação de alimentos exige cuidados especiais nos processos de higienização. Quando se fala na limpeza da cozinha industrial, a atenção deve ser redobrada. Afinal, fungos, bactérias, germes e demais micro-organismos podem provocar doenças. Imagine um restaurante ou mesmo um refeitório de uma empresa com os talheres ensebados de gordura ou até com restos de alimentos! Além de péssimo para o prestígio do negócio, essa situação pode acabar em denúncias aos órgãos fiscalizadores.

Por isso, é crucial deixar tudo em ordem, providência que requer a capacitação dos funcionários e o uso de produtos de limpeza confiáveis. Quer saber mais informações de como deixar esse ambiente um brinco? Então veja neste post cinco dicas incríveis sobre a limpeza da cozinha industrial. Confira!

1.Tenha cautela na higienização das superfícies

No dia a dia de uma cozinha profissional, os alimentos são colocados em contato com diversas superfícies: a pia, as tábuas de corte, as bandejas da geladeira, as travessas que servem as refeições etc. Assim, é indispensável um capricho especial na remoção da sujeira dessas áreas. Uma dica importante é diariamente observar se há sulcos ou relevos sobre essas estruturas. Elas devem ficar sempre lisas para garantir a eficiência da limpeza.

Superfícies rugosas ou com fissuras juntam resíduos. Quando isso acontece, a higienização vai ficando cada vez mais complexa. Uma maneira de assegurar o bom estado das superfícies é usar os produtos de limpeza adequados para cada uma delas. Por isso, observe as recomendações da embalagem. Processos de corrosão, por exemplo, favorecem a formação de ondulações nas quais o alimento pode ficar grudado.

2. Fique atento à ordem da lavagem

Mais uma dica interessante para a limpeza da cozinha industrial é abandonar os panos e a varredura. Panos de prato ou de chão concentram a sujeira e a espalham pelo ambiente em vez de eliminá-la. Algo parecido acontece com a vassoura: a poeira do piso sobe e cai sobre as pias, mesas e bancadas, o que alastra ainda mais os detritos. Por esse motivo, a melhor maneira de higienizar a cozinha profissional é lavar com água e detergente.

A lavagem precisa ser feita de cima para baixo. Inicie pela parte superior das paredes e vá descendo até chegar aos fogões, coifas, fornos e bancadas. Tenha cuidado para que, ao enxaguar, nenhuma tomada seja atingida. Passe um pano úmido limpo para remover o produto de limpeza perto dos interruptores. A água e a energia elétrica são uma combinação perigosa devido aos riscos de choques. Deixe o piso por último. Dessa forma, você vai conseguir economizar água na limpeza, já que com a sequência adequada de procedimentos não será preciso repetir nenhum processo.

3.Obedeça a lei

De vez em quando, verifique a legislação para saber se algo tem sido negligenciado na sua empresa. A resolução 216 da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) traz as regras para higienização de estabelecimentos como cozinhas industriais, institucionais, restaurantes, padarias, lanchonetes etc. Essa lei também estabelece normas para a secagem e o armazenamento dos utensílios de forma correta e segura.

4. Seque naturalmente

Como já dissemos, os famosos paninhos de limpeza acumulam dejetos. Por causa disso, a secagem deve acontecer naturalmente: ponha as peças na vertical nos escorredores e aguarde para que a louça fique livre da água completamente. Lembre-se de conferir se os acessórios realmente estão secos antes de guardá-los. A umidade contribui para a proliferação de fungos.

5. Prefira produtos de limpeza profissionais

Na limpeza da cozinha industrial, é preciso utilizar produtos profissionais. Por terem uma maior concentração de agentes químicos, esses materiais oferecem um poder de ação superior, ou seja, rendem muito mais. Afora isso, esse tipo de produto exige menos tempo da equipe, justamente por causa de sua eficácia. Ao final do mês, esses itens ajudam a reduzir os custos com higienização. Isso acontece porque eles permitem mais procedimentos do que aqueles fabricados para a utilização doméstica. Vale recordar ainda que é preciso qualidade nos processos de retirada de sujeira. Do contrário, o estabelecimento pode sofrer multas e até mesmo ser interditado.

A limpeza da cozinha industrial, portanto, é um assunto muito sério que requer disciplina e atenção de todo o time. Com a higienização correta do ambiente de trabalho, o estabelecimento garante a saúde de colaboradores e clientes. Além disso, as boas práticas de higiene contribuem para formar uma boa reputação.

E tem mais: um recinto limpo e perfumado proporciona sensação de bem-estar e aconchego.  Assim, você vai aumentar as chances de crescimento e de gerar mais negócios na sua empresa. E aí? O que achou deste artigo? Esta matéria ajudou você? Deixe seu comentário no post!

One thought to “Limpeza da Cozinha Industrial: 5 Dicas Para Mante-la”

  1. Ótimo trabalho!
    Após perder muito tempo na internet encontrei esse blog
    que tinha o que tanto procurava.
    Parabéns pelo texto e conteúdo, temos que ter mais
    artigos deste tipo na internet.
    Gostei muito.
    Meu muito obrigado!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.