limpeza de cozinha profissional

Limpeza de Cozinha Profissional: tudo que você precisa saber!

A limpeza da cozinha profissional é uma operação complexa, que exige numerosos tipos de cuidados. Afinal, nesses recintos, há intensa manipulação de alimentos, o que favorece a proliferação de micro-organismos nocivos. Desse modo, a higienização desses locais deve ser impecável.

Isso vale para todas as etapas do processo, o que inclui a limpeza (retirada da poeira, de embalagens, de restos de comida etc.), a descontaminação (exterminação de agentes biológicos e químicos) e a desinfecção (eliminação de fungos, germes e bactérias).

Nesse cenário, alguns recursos não devem faltar: materiais confiáveis, domínio das principais técnicas, equipamentos de qualidade e, principalmente, muita disciplina. Quer saber como fazer a limpeza da cozinha profissional do jeito certo? Então confira neste post um miniguia. Acompanhe!

Comece pela planejamento

A higiene em uma cozinha corporativa é um verdadeiro desafio. Sem um planejamento bem-feito, essa tarefa pode ser motivo para desentendimentos e erros. Afinal, na maior parte dos casos, a cozinha industrial abriga uma enorme quantidade de afazeres.

Em outras palavras, é necessário trabalhar em circunstâncias caóticas sem perder a qualidade. No caso da limpeza, a situação é muito séria. Isso porque, quanto mais bagunça, mais chances de falhas. Esses equívocos têm a capacidade de gerar problemas graves, como a transmissão de doenças e a contaminação dos alimentos.

Desse modo, é indispensável um cronograma de todas as tarefas com seus respectivos intervalos de execução.  Elabore um manual de procedimentos. Nele, mencione tudo que passará por limpeza e qual será a técnica aplicada em cada caso. Há itens e áreas que requerem cuidados diários, semanais e mensais.

A limpeza da coifa é uma providência a ser tomada todos os dias. Até mais de uma vez por dia, dependendo do ritmo em que ela for usada. O mesmo vale para grelhas e fogões. Toda semana, é essencial passar desinfetante nos ralos, que podem acumular sujeira e entupir. Isso sem falar no perigo de multiplicação de fungos e bactérias, fontes de fortes odores. Já a caixa de gordura pode ser submetida a uma higiene mensal.

Aprenda a limpar os utensílios

Na limpeza da cozinha profissional, os utensílios devem ser lavados com água e sabão. Em seguida, esses acessórios precisam ser submersos em água que tenha sido fervida. Deixe de molho por 15 minutos. Outro método autorizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é desinfetar com cloro. Nesse caso, deixe a substância agir sobre as peças durante 10 minutos. Afora isso, fique de olho em materiais de limpeza mais modernos. Com o avanço da tecnologia, existem muitas novidades no mercado que tornam os processos mais simples. Veja exemplos de produtos especializados em cozinha:

  • limpa-alumínio: remove manchas e combate os efeitos da oxidação;
  • detergente alcalino clorado: limpa gordura pesada e demais detritos orgânicos;
  • brilho inox: forma uma película sobre a superfície de peças inox, o que propicia mais brilho e proteção, facilitando as próximas limpezas;
  • desincrustrante: especializado na eliminação de sujeiras complexas, como gordura queimada que gruda no fogão, nas grelhas, nas chapas, nas coifas e em outros maquinários.

Lave o piso e as bancadas com água quente

Outro cuidado crucial é com as bancadas, o piso e as pias. Eles devem passar por lavagem com água quente todos os dias. Para um efeito melhor, use sabão e água clorada. Em seguida, enxague com água corrente. Capriche ainda mais na limpeza do piso.

O chão acumula gordura e restos de alimentos, além de sofrer contaminação por meio dos sapatos. Nele, também costuma haver maior acúmulo de poeira. Mais uma dica é contar com uma pia exclusiva para as pessoas lavarem as mãos. Os equipamentos e acessórios, como panelas e frigideiras, têm de ser limpos em pia separada. Isso é fundamental para impedir a contaminação.

Deixe os produtos de limpeza longe da comida

Na limpeza da cozinha profissional, é vital saber onde guardar de forma segura as soluções químicas aplicadas no processo. Por essa razão, não se deve esquecer que os agentes contam com nível alto de toxidade. Assim, coloque-os longe da dispensa onde são armazenados os alimentos. Além disso, antes de começar a cozinhar, é obrigatório desinfetar a pia e a bancada e remover os produtos empregados nesse processo com água.

Como você já deve ter notado, a limpeza da cozinha profissional é um passo estratégico na preparação de refeições em larga escala. Com as táticas corretas e materiais de qualidade, será viável conseguir resultados incríveis nessa tarefa. Dessa forma, você vai ajudar a empresa a evitar doenças e a desperdiçar ingredientes.

Como resultado, os gestores terão mais tranquilidade para focar nas atividades principais do negócio, já que não se preocuparão tanto com a higienização. E aí? Deu para entender nossas dicas? Ficou interessado em aprender mais sobre o assunto? Então leia também nosso texto “Cozinha Industrial: 5 dicas para manter a higiene”.

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *