abrir uma empresa

Abrir uma empresa: o que devo considerar?

Abrir uma empresa requer muito mais do que dinheiro em caixa e boa vontade. Afinal, ter um negócio significa gerenciar os recursos financeiros, resolver questões operacionais, administrar colaboradores, pagar impostos, investir em publicidade etc.

Por essa razão, a rotina de um empreendedor é atribulada. Além de todas essas tarefas, o empresário precisa ser um pouco vidente. Isso porque também é fundamental prever riscos e cenários futuros. Essa sagacidade é essencial para que um empreendimento realmente dê certo.

Mas se esse é o seu grande sonho, não desista só por causa dos inúmeros desafios. Anda pensando em abrir uma empresa? Então leia este post e descubra dicas incríveis! Confira!

Avalie seu perfil profissional

Nem todo mundo tem a personalidade adequada para tocar um negócio. Nesse contexto, pare e pense profundamente sobre as suas características. Você sabe liderar pessoas? Entende do ramo em questão? Consegue gerenciar bem as suas finanças? Tem facilidade para cobrar funcionários e clientes?

Se você tiver dificuldades em algumas dessas questões, reflita se não é melhor permanecer no seu emprego. Afinal, todos esses atributos são cruciais para um empresário.

Estude o mercado

Quando a gente decide abrir uma empresa, geralmente pensa em algo que gostae entende — ou em uma área com mais chances de sucesso. Contudo, deve-se conciliar esses dois quesitos.

Portanto, recolha informações sobre quais são as tendências nesse setor, os supostos riscos e, é claro, quem são os clientes. Nesse sentido, se você for inaugurar um hostel, pesquise para saber se o local pretendido oferece demanda.

Por exemplo: qualquer serviço de hospedagem deve estar perto de pontos que incentivem a aproximação das pessoas ao seu negócio. Assim, esse estímulo pode ser várias coisas: instituições de ensino, hospitais referência em determinada especialidade médica, atrações turísticas, festas religiosas etc.

Esse pensamento vale para qualquer área: serviços de lavanderia, restaurantes, lojas de roupas, entre outros.

Crie e registre seu nome antes de abrir uma empresa

Parece óbvio, mas os empreendedores têm que pensar em um nome para a empresa, e isso pode não ser tão simples. Afinal, fazer essa escolha inclui verificar se essa marca já está em uso por outras corporações e até mesmo uma análise de marketing sobre a sua aceitação junto ao público-alvo.

Além disso, é urgente definir o logotipo, as cores, a missão, a visão, os valores etc. Afinal, é necessário saber onde se está antes de decidir para onde se quer ir.

Peça informações sobre como funciona a abertura de empresas na junta comercial da sua cidade. Também certifique-se das licenças de permissão estaduais e federais eventualmente necessárias.

Reflita sobre a localização

Um dos passos mais estratégicos ao abrir uma empresa é a localização do negócio. Isso é ainda mais importante para empresas que vão atuar diretamente no atendimento ao público. Nesse caso, um bom ponto comercial tem que estar bem visível.

Mas não é só a movimentação nos arredores que conta. Por esse motivo, leve em consideração questões logísticas: esteja próximo dos seus principais fornecedores. Além disso, avalie as condições estruturais do imóvel.

Desse modo, você fica sabendo quanto será necessário para investir em obras e demais melhorias. Lembre-se de que o bom estado das instalações afeta a reputação no mercado.

Pondere sobre a situação financeira antes de começar um negócio

Outro ponto sensível na hora de abrir uma empresa é ter capital de giro. Por isso, faça uma boa previsão de custos de investimento e de despesas operacionais. Assim, você consegue descobrir quanto você precisa para se manter nos primeiros meses se não entrar dinheiro.

Nesse contexto, ponha nessa lista matéria-prima, publicidade, transporte, mão de obra, impostos etc. Depois, tente encontrar maneiras de encolher esses gastos sem perder em qualidade.

Dessa forma, crie políticas para o uso moderado da água, da energia elétrica e dos produtos de limpeza empresarial.

Mais um tópico indispensável no gerenciamento financeiro são as retiradas do caixa, que devem ser bem controladas.

Muitas companhias baixam as portas por se descuidarem disso, e não por não terem lucro. Desse modo, antes de abrir uma empresa, escolha o método que você usará para supervisionar o fluxo de caixa.

Nesse sentido, você pode recorrer a um contador, contratar um gerente ou então comprar softwares especializados nessa função.

Por mais que você entenda de assuntos gerenciais, verifique se realmente terá tempo de cuidar dessa tarefa sem deslizes.

Defina seu regime tributário para abrir uma empresa

No país, existem três maneiras de pagar imposto: Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional. Por essa razão, o empreendedor deve analisar seu tipo de negócio para escolher como tributar da forma mais inteligente e vantajosa possível.

Existem serviços de contabilidade que fazem um verdadeiro planejamento estratégico tributário. Dessa forma, você consegue cortar as despesas fiscais sem infringir a legislação.

Para abrir uma empresa, portanto, é mesmo indispensável tomar alguns cuidados. Afinal, ninguém quer tomar prejuízos e se frustrar, não é mesmo? No entanto, prestando atenção nos passos que apresentamos, as chances de risco serão menores.

Assim, não economize tempo estudando as áreas do seu interesse detalhadamente. Que tal começar agora? Afinal, independentemente do ramo escolhido, você vai ter que pensar na limpeza da empresa!

Então leia nosso post sobre equipamentos que facilitam a remoção de sujeira em ambientes de negócio!

Siga-nos nas Redes Sociais e Compartilhe:
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *